4 passos efetivos para acumular pontos e viajar com milhas

Tradicionalmente, para acumular pontos e viajar com milhas o consumidor costuma acreditar que é necessário gastar fortunas em cartão de crédito ou investir nos pontos gerados pelas próprias viagens.

Mas essa é uma visão muito limitada sobre o acúmulo dos pontos. Existem outras maneiras para acumular as milhas e o que você precisa fazer é apenas organizar o seu padrão de consumo e se lembrar de pedir para pontuar. Que descobrir exatamente como se faz?

Para isso, nós montamos esse passo a passo com 4 dicas que irão ensinar a você como pontuar cada vez mais e viajar com milhas com maior frequência. Esperamos que invista a economia feita em momentos inesquecíveis para sua viagem.

Se você já sabe como acumular milhas, mas deseja aprender como usá-las de forma consciente e quer ir direto ao segundo post da série (6 estratégias para viajar com milhas forma inteligente), clique aqui.

Você teve um voo atrasado ou cancelado? Você pode se qualificar para ser indenizado rapidamente e sem burocracia. Veja já!

 

Qual a diferença entre pontos e milhas?

Na prática, ponto e milha não são diferentes, dependendo apenas da plataforma que se está acessando. O ponto é a unidade acumulada nos programas de fidelidade, sobre os quais falaremos em breve. As milhas são estes mesmos pontos já dentro dos programas de milhagem das companhias aéreas.

Agora, a grande pergunta:

 

Como viajar com milhas?

Primeiro, você deve investir nas diversas maneiras de acumular seus pontos em programas de fidelidade. Depois, saiba gerenciar o uso de suas milhas, conhecendo os melhores momentos para transferir ou comprar pontos, emitir as passagens etc.

Para ensinar tudo isso passo a passo a você, este primeiro post tem o objetivo de explicar como acumular pontos para viajar com milhas. Para já acessar o post sobre como usar as milhas de forma inteligente, clique aqui.

 

1º PASSO: cadastre-se nos programas de fidelidade das empresas aéreas e acumule milhas ao viajar

Cada empresa aérea possui um programa de milhagem ou programa de fidelidade que possibilita o acúmulo de milhas ao viajar utilizando seus serviços. São eles:

– Programa Multiplus, da Latam;

– Programa Smiles, da Gol;

– Programa TudoAzul, da Azul;

– Programa Amigo, da Avianca.

Para pontuar nestes programas, basta que tenha o cadastro e informe o seu CPF ou número do cartão fidelidade no momento da compra de passagens online ou no momento do check in.

É importante que você não se esqueça dessa ação: se você não informar que deseja pontuar no programa de fidelidade em algum destes momentos, saiba que computar os pontos após a viagem poderá ser bastante burocrático.

DICA: não deixe de inscrever também as crianças nestes programas de milhagem, pois as milhas acumuladas ao viajar são individuais, garantidas a cada CPF ou número do cartão de fidelidade. Assim, elas acumulam as próprias milhas para a emissão de passagens, que poderão até mesmo ter um desconto em comparação com os valores gastos por um adulto.

Além disso, cada programa de fidelidade conta com empresas aéreas parceiras que também ajudam a acumular milhas naquele programa específico quando usadas. Você pode se informar sobre as parcerias no site de cada um dos programas. Como exemplo:

– Parceiros Multiplus: American Airlines, Qatar, Iberia, British Airways;

– Parceiros Smiles: Copa Airlines, Delta, KLM, Aerolíneas Argentinas, TAP, Air France, Air Canada;

– Parceiros TudoAzul: United, Copa Airlines, TAP;

– Parceiros Amigo: TAP, United, Air Canada, Swiss, Lufthansa.

ESTRATÉGIA: é interessante que você seja fiel a um (no máximo dois) dos programas de milhagem. Para uma pessoa comum, é mais fácil ter muitas milhas em um deles do que poucas milhas em todos. Mas se o seu padrão de consumo for alto e você tiver pontos suficientes para somar muitas milhas em vários programas de fidelidade, sinta-se à vontade para se cadastrar em quantos achar necessário.

 

 2º PASSO: consuma produtos e serviços de empresas parceiras e acumule pontos para transformar em milhas

Além de fazer alianças com companhias aéreas, cada programa também tem parcerias com outras empresas que atuam no mercado de consumo, sejam lojas online ou físicas. Em resumo, é possível acumular milhas ao comprar um produto ou contratar um serviço com estes parceiros.

E lembre-se de informar no momento da compra que deseja pontuar no programa de milhagem, fornecendo seu CPF.

Esses pontos podem ser computados diretamente no programa de milhagem quando a loja assim informa, como “essa compra equivale a 1.000 pontos Multiplus” ou podem ficar guardados em outros programas de fidelidade.

Parece complexo? Então vamos descomplicar.

Além dos programas Multiplus, Smiles, TudoAzul e Amigo, existem outros programas de fidelidade nos quais acumulamos pontos e mais tarde podemos transferir esses pontos para o programa de milhagem que desejamos. Esses são os chamados Clubes de Vantagens. Esses clubes incluem estabelecimentos físicos ou online, sejam supermercados, lojas de eletrônicos e eletrodomésticos, postos de gasolina, hotéis, Airbnb, locadoras de veículos etc.

Lembrando que os próprios Multiplus, Smiles, TudoAzul e Amigo também possuem seu Clubes de Vantagens.

Veja o caso o caso dos postos de gasolina, que possuem os seguintes Clubes de Vantagens:

– Postos Shell: têm o programa App Shell Box, fidelizado com o Smiles;

– Postos Petrobras (BR): têm o programa Premmia, fidelizado com o TudoAzul;

– Postos Ipiranga: têm o programa Km de Vantagens, fidelizado com o Multiplus;

E a Dotz, o Netpoints, o Le Club Accor (no ramo de hotéis), a Livelo entre outros? São todos Clubes de Vantagens que em troca da fidelidade do consumidor ao consumir produtos e serviços de seus parceiros oferece pontos para serem convertidos em milhas.

 

* A grande sacada!

Há uma forma de conseguir ainda mais pontos ao comprar produtos via internet: acessando a loja virtual desejada pelo hotsite da parceria (e somente por esse link disponibilizado por eles). Esse site funciona como uma ponte entre consumidor e parceiro, acionando o benefício do acúmulo de pontos para viajar com milhas.

Por sua vez, o site de compras do programa de milhagem oferece promoções para compras realizadas nas lojas parceiras via sua plataforma, sendo possível ganhar até 3x mais pontos que em uma compra feita pelo site da loja virtual simplesmente. Como exemplos, temos os principais:

Comprei Pontuei: site de compras do programa Multiplus;

Shopping Smiles: site de compras do programa Smiles.

Como fazer: acessar, por exemplo, o site Comprei Pontuei, buscar pelo produto que deseja, informar os seus dados cadastrados no programa de fidelidade para que os pontos sejam computados e efetuar a compra normalmente.

Obs: você perceberá que o site informará a loja parceira que está vendendo aquele produto para você por aquela plataforma.

 

O que fazer com os pontos acumulados nos programas de fidelidade diferentes do programa de milhagem?

Você precisa transferi-los para lá. É possível fazer essa transferência:

quando você quiser e precisar usar seus pontos para emitir alguma passagem aérea, lembrando que alguns Clubes de Vantagens exigem que se acumule um valor mínimo de pontos para poder transferir;

quando seus pontos estiverem próximos de expirar no programa de fidelidade, evitando a perda deles, que terão a validade renovada dentro do programa de milhagem escolhido;

estrategicamente, durante períodos de promoções de transferência de pontos, para ganhar 30, 50 e até 100% mais milhas (falamos mais dessa opção aqui, em nosso post específico sobre o uso das milhas).

 

3º PASSO: ser assinante dos programas de fidelidade ou dos clubes de vantagens

Por um valor mensal pago pelo consumidor, os programas de fidelidade ou clubes de vantagens oferecem uma quantidade fixa de pontos ou milhas por mês. O valor pago pela milha é inferior àquele pago por quem não é assinante. Logo, viajante receberá mais milhas por um valor menor ao normalmente praticado no mercado.

Além disso, é possível receber ofertas especiais para assinantes, como promoções em passagens aéreas (emitidas com milhas, claro), para ganhar mais pontos (como o indique e ganhe), para transferência de pontos etc.

A vantagem está realmente no valor pago pela milha. Há alguns momentos em que é interessante comprar milhas para completar o seu saldo (mais sobre isso no segundo post). Neste caso, ao assinar o programa de pontos e ainda ficar atento às promoções, o valor pago pela milha poderá ser bastante inferior àquele pago pelo viajante comum.

 

4º PASSO: organize seus gastos e use sempre o cartão de crédito

Se o seu cartão de crédito não está incluído em nenhum Clube de Vantagens e assim não oferece a conversão do valor gasto em pontos/milhas, entre em contato com a sua instituição financeira e providencie isso já.

Utilizando um cartão de crédito que ofereça esse serviço, pague com o cartão o máximo possível de despesas e acumule o máximo de pontos para que você possa viajar com milhas. Mas lembre-se de que é importante se organizar para não se perder em seu orçamento.

Abaixo estão alguns dos Clubes de Vantagens que possibilitam o acúmulo de pontos via cartão de crédito:

– Livelo: programa de pontos vinculado ao banco Bradesco. Esse programa não está limitado aos pontos originados pelos cartões Bradesco, também oferecendo o acúmulo de pontos por consumir produtos e serviços de suas empresas parceiras;

– Surpreenda MasterCard: programa de pontos para cartões com a bandeira MasterCard;

– Ponto pra Você: programa de pontos do Banco do Brasil;

– Santander Esfera: programa de pontos do banco Santander;

Além disso, muitos bancos oferecem a opção de pagar contas de consumo (água, luz, internet, telefone…) e boletos em geral por meio do cartão de crédito e isso pode ser mais uma forma de ganhar pontos. Mas antes, verifique se a tarifa cobrada por este serviço valerá a pena para o seu consumo mensal.

Estes pontos acumulados pelo gasto nos cartões de crédito nos Clubes de Vantagens também não vão direto para o programa de milhagem. Para que eles cheguem até lá, você precisa transferi-los.

 

Por último, um ALERTA:

Muitos consumidores deixam de viajar com milhas acreditando que são maiores as chances de sofrerem danos por passagem cancelada, problemas na reserva, voo cancelado etc. Apesar de isso não ser verdade, caso tenha algum problema com voo, principalmente com voo atrasado por mais de 4 horas e voo cancelado, não deixe de entrar em contato conosco para o recebimento de uma indenização imediata.

Para conhecer os seus direitos relacionados aos problemas com voo, leia este post.

Para saber mais sobre o nosso trabalho, recomendamos essa leitura.

Agora que você já sabe o que fazer para acumular milhas e viajar bastante pelo mundo, é hora de aprender a usá-las com consciência, de forma inteligente. Quer saber as melhores condições para transferências de pontos entre Clubes de Vantagens e programas de milhagens, quando reservar seus bilhetes, quando viajar com milhas ou pagar com dinheiro? Acesse o segundo post da série aqui.