Primeira viagem de avião: entenda 4 pontos essenciais!

Primeira viagem de avião: entenda 4 pontos essenciais!

Nunca viajou de avião e tem dúvidas ou receios a respeito do assunto? “Dá muito frio na barriga? É perigoso? Como saber se escolhi o dia ideal, o clima ideal e/ou uma companhia aérea confiável?”

De uma coisa você pode ter certeza: para tudo há uma primeira vez, e você não é a primeira nem a última pessoa a passar por isso! Mas uma primeira viagem de avião realmente gera muitas expectativas.

Leia também:

Alteração de voo: exija uma indenização pelo transtorno e conheça medidas preventivas
Viagem para Paris: confira algumas informações sobre a capital!
Trem na Europa: como funciona? Confira tudo o que você precisa saber!

Então, a fim de esclarecer alguns pontos sobre sua primeira trip aérea, a Quick Brasil trouxe esse post. Confira!

Sobre a primeira viagem de avião

Inegavelmente, viajar de avião é superprático e rápido. Uma viagem para outro estado que poderia levar dias, por exemplo, pelo meio aéreo geralmente leva apenas algumas horas.

Viagem internacional então? Nem se fala! Para a maioria dos destinos, é impossível escolher outro meio para deslocamento.

Mas as dúvidas para em relação aos procedimentos básicos como escolha das passagens aéreas, check-in, despache de malas, conexões, etc. apesar de serem muito comuns, precisam ser esclarecidas! Portanto, começamos pela escolha das passagens…

#1 – Primeira viagem de avião: Escolha das passagens aéreas

Primeira viagem de avião - escolha das passagens aéreas
Primeira viagem de avião – escolha das passagens aéreas

Pense nessa questão: hoje, o que NÃO podemos fazer pela internet? Dá praticamente para listar… e a escolha de passagens não está nesta lista.

Existem diversos aplicativos seguros para comparação de preços de passagens aéreas, com especificações e avaliações sobre cada companhia, com todos os destinos e horários possíveis.

E, com o aumento dessa demanda, diferentemente do que alguns podem pensar, não é tão caro quanto um dia já foi.

Uma informação importante é que é necessário compreender que os preços variam não só de acordo com o destino, como também de acordo com os horários e dias da semana. Então, se você pretende economizar, avalie bem a possibilidade de viajar em um dia da semana, na parte da manhã ou tarde e com conexões, por exemplo.

Dentre os exemplos de sites comparadores, podemos indicar o TripAdvisor, que te indica o melhor preço para a compra de passagens, baseados na sua demanda. Logo após a escolha, todo o passo a passo será indicado na própria plataforma de compra, como preenchimento de dados pessoais, de pagamento e instruções para o dia da viagem.

#2 – Primeira viagem de avião: como realizar o check-in?

Como realizar o check in
Como realizar o check in

O check-in é um procedimento indispensável, pois, através dele, você poderá confirmar o seu assento no avião, além de verificar se toda a sua documentação realmente está em dia para viajar.

Geralmente, no check-in, os seguintes itens são solicitados: documento oficial com foto, como RG ou carteira de habilitação, passaporte (em casos de viagens internacionais), emissão do cartão de embarque, bagagens e o código de reserva eletrônica para despache dessas bagagens.

Nesse sentido, há três formas de se realizar o check-in:

  • Através do balcão da companhia aérea

    Meio mais tradicional (ao escolher este, é importante chegar com antecedência ao local, para evitar maiores transtornos e complicações);

  • Online

    Também no site da companhia aérea – o processo consiste em um preenchimento de dados e impressão de um cartão (ou simplesmente o viajante pode baixar o arquivo em seu smartphone). Definitivamente, é o meio mais prático e, se você não possuir bagagens que precisam ser despachadas, você pode se deslocar diretamente para o portão de embarque;

  • Totens de autoatendimento

    Os totens podem ser considerados um ‘meio-termo’ dos dois itens acima: é prático, porque você mesmo quem faz o check-in na máquina, ao mesmo tempo que tem a precaução de ser realizado no próprio aeroporto – ou seja, se der algum tipo de problema, algum funcionário presente poderá te ajudar.

#3 – Tipos de voo: com escalas? Conexões?

Primeira viagem de avião - tipos de voos
Primeira viagem de avião – tipos de voos

O tipo do trajeto é um item a ser muito bem analisado durante a escolha das passagens. Você poderá observar que, nos detalhes que a companhia aérea apresentar, incluirão itens como: dia, horário, duração e se há pausas ou não. Nesse sentido, há três opções de voos:

  • Voo direto

Você embarca no aeroporto mais próximo e desembarca diretamente na cidade de destino, simples assim. Não é realizado nenhum intervalo ou parada em outra cidade. Inegavelmente, é o meio mais rápido de se chegar – e pode ser mais caro também, mas o preço dependerá de alguns outros fatores, como mencionamos no início do post.

  • Voo com escala

Nesse tipo de voo, o avião pode parar em uma ou mais cidades antes da chegada ao destino final – a fim de realizar o desembarque de alguns passageiros. Além disso, pode ser uma oportunidade para reabastecimento da aeronave, mas tudo isso já deverá ser previamente informado. Contudo, fique bem atento(a), uma vez que se não for o seu destino final, você deverá aguardar instruções da companhia aérea.

  • Voo com conexões

Ué, mas conexão e escala não são a mesma coisa? Não. As conexões ocorrem quando há uma troca de aeronaves no meio do trajeto. Ou seja, o trajeto será realizado com pausas obrigatórias e esses intervalos podem durar algumas horas. Entretanto, se por um lado se torna uma viagem mais longa, por outro lado você pode economizar e de quebra conhecer – ainda que rapidamente – outras cidades.

 

#4 – Tipos de bagagens

Primeira viagem de avião - tipos de bagagens
Primeira viagem de avião – tipos de bagagens

Sobre os tipos de bagagens, as dúvidas mais comuns são: afinal, o que é permitido e o que é proibido? Mas, acredite se quiser: dependendo da viagem, as regras para transporte de bagagens podem confundir até mesmo os viajantes mais experientes.

Basicamente, há dois tipos:

  • Bagagem de mão

Como mencionamos anteriormente, bagagens de mão são aquelas que não precisam do processo de despache. Em outras palavras, são de total responsabilidade do viajante, podem ser acomodadas nos próprios espaços indicados da aeronave e não possuem custos adicionais. Porém, para se encaixar nesta categoria, há regras: devem possuir dimensões máximas de 55 cm x 35 cm x 25 cm (altura, largura e comprimento, respectivamente), e isso inclui alças, rodas e bolsos. Além disso, não podem ultrapassar o peso de 10 kg.

  • Bagagens despachadas

As bagagens despachadas são aquelas que irão no ‘porão’ do avião. Isso significa que você entregará à companhia aérea um pouco antes do embarque e só receberá no destino final – então não precisa se preocupar caso o seu voo possua escalas. Todavia, é muito importante se atentar às taxas cobradas e o peso máximo. Por isso, sempre verifique os detalhes com a companhia aérea escolhida.

Em suma, esperamos que suas principais dúvidas sobre a primeira viagem de avião tenham sido esclarecidas. Posteriormente, podemos trazer mais conteúdos relacionados aos procedimentos aéreos.

E claro, sobre cancelamentos ou atrasos de voos (acima de 4h na chegada ao destino final), você já sabe, não é mesmo? Basta acionar a Quick!

Postado em: maio 1, 2020

Achou útil? Compartilhe com outras pessoas
Comentários:
WhatsApp chat