Início » Números atrasos e cancelamentos 2017

Tag: Números atrasos e cancelamentos 2017

Números dos atrasos e cancelamentos de voo no Brasil: Panorama 2017

A QuickBrasil, buscando levar ao consumidor as melhores informações sobre a atuação das empresas aéreas no mercado brasileiro, preparou algumas publicações trazendo números reais sobre os atrasos e cancelamentos de voo referentes ao ano de 2017.

Neste primeiro momento, serão apresentados os números dos atrasos e cancelamentos relativos aos voos realizados no país e às empresas aéreas que mais atuam neste mercado. É necessário dizer que estes dados foram coletados e publicados pela ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – em seu site, o que possibilitou que a QuickBrasil organizasse o panorama 2017 sobre os números de atrasos e cancelamentos dos voos registrados por esta empresa reguladora.

Dando início ao estudo, abaixo estão os números de voos pontuais (ou com poucos minutos de atraso) que partiram do Brasil, atrasados por mais de 30 minutos, atrasados por mais de 60 minutos e cancelados das 10 empresas aéreas que possuem maior atuação no Brasil:

 

Empresa AéreaA tempoAtraso
+30 min.
Atraso
+60 min.
Cancelado% Cancelamento
Azul59.734123.8237.72639.86317,25%
GOL166.31321.0467.59314.3926,87%
LATAM148.41025.46510.09112.2636,25%
Avianca44.63723.5664.0913.5894,73%
Passaredo9.8641.7701.0321.66611,62%
Copa Airlines12.425115290600,47%
American Airlines8.1713851.0521982,02%
Aerolíneas Argentinas8.896931403103,28%
TAP Portugal4.9102881724107,09%
United Airlines3.511130311812,01%
TOTAL466.871196.68132.49872.8329,47%
Tabela 1: Números de atrasos e cancelamentos de voo no Brasil 2017 por categoria.

 

Destaca-se que a ANAC entende por voo atrasado por mais de 60 minutos não somente aquele voo que se atrasa até o limite de duas horas. Ou seja, nesta categoria estão incluídos todos os voos com atraso superior a uma hora, sem limite de tempo para este atraso.

De outra forma, conforme os gráficos a seguir, é possível visualizar melhor estes números apresentados:

Gráfico: Desempenho dos voos nacionais – Classificação por empresa aérea - Quickbrasil.org, Números atrasos cancelamentos
Gráfico: Desempenho dos voos nacionais – Classificação por empresa aérea

 

Cancelamentos de voos nacionais Classificação por empresa aérea - Quickbrasil.org
Gráfico: Cancelamentos de voos nacionais – Classificação por empresa aérea

 

Desempenho dos voos internacionais Classificação por empresa aérea - Quickbrasil.org
Gráfico: Desempenho dos voos internacionais – Classificação por empresa aérea

 

Cancelamentos de voos internacionais Classificação por empresa aérea - Quickbrasil.org Números atrasos cancelamentos
Gráfico: Cancelamentos de voos internacionais – Classificação por empresa aérea

 

Agora, além de conhecer os números de cada empresa aérea em 2017, imagine que as aeronaves que realizariam os voos cancelados possuam capacidades de acomodação diferentes. Em média, os aviões que realizam tanto voos nacionais quanto internacionais podem ter de 50 (quando menores) a 200 assentos (quando maiores). Observando o número de cancelamentos da empresa aérea que mais cancela voos, se todos aqueles voos fossem operados por aeronaves menores, com 50 assentos, seriam, ao todo 1.993.150 passageiros lesados. Caso fossem aeronaves maiores, com 200 assentos, o número de passageiros lesados poderia chegar a 7.972.600. Considerando o melhor cenário, com os números mais baixos, pode-se afirmar que é provável que aquela empresa aérea que cancelou 39.863 voos tenha lesado, no mínimo, cerca de 2 milhões de passageiros em 2017, e isto somente quanto aos cancelamentos de voo.

Seguindo este mesmo raciocínio, em relação à empresa que menos cancela voos – com 60 voos cancelados, o número de passageiros lesados poderia variar entre 3 e 12 mil neste ano. Também considerando o menor valor, a QuickBrasil chama atenção para o fato de que uma empresa aérea não deve considerar bom ou sequer suficiente o serviço de transporte prestado que causa prejuízos a 3 mil consumidores ao ano. Novamente, destaca-se que este número se refere somente aos cancelamentos de voo. Todas estas companhias deverão, portanto, reavaliar sua conduta e consequentemente melhorar o serviço ofertado ao consumidor.

Os dados sobre a atuação das empresas aéreas podem ser organizados também de forma que fique estabelecido um panorama de todos os voos, não mais separados por empresas aéreas:

Gráfico: Raio X dos voos no Brasil baseado nos números de atrasos e cancelamentos da ANAC - Quickbrasil.org Números atrasos cancelamentos
Gráfico: Raio X dos voos no Brasil

Mais uma vez, considerando o número total de voos realizados até o momento deste estudo (768.882 voos), percebe-se que cerca de 72.832 voos (9%) foram cancelados e cerca de 32.498 voos (4%) sofreram atrasos superiores a uma hora em 2017. O total de voos pontuais ou que apresentaram pequenos atrasos ultrapassa por pouco os 60% dos voos colocados em operação no país. Assim, tem-se que o setor de transporte aéreo não deve comemorar o fato de que pouco mais da metade dos voos realizados cumprem o horário contratado com o consumidor.

Por fim, após observar as informações aqui demonstradas, o viajante se torna capaz de escolher melhor a empresa aérea que contratará já conhecendo o risco apresentado por cada uma delas, seja em relação aos atrasos ou aos cancelamentos, bem como conhecerá também as chances daquele voo chegar pontualmente ao destino desejado. Neste momento de escolha, o consumidor não pode esquecer que os números dos atrasos e cancelamentos de voos variam de acordo com a maior ou menor atuação daquela companhia aérea no mercado, considerando a quantidade de aeronaves, de voos, destinos entre outros elementos.

Por último, é preciso destacar que o passageiro que suportou os danos causados por um atraso ou cancelamento de voo deve sempre exigir o respeito aos seus direitos e a consequente indenização pelos prejuízos sofridos. Para tanto, é necessário que o viajante procure um meio legítimo de reivindicar estes direitos e esta compensação. O serviço oferecido pela QuickBrasil oferece uma solução rápida e sem burocracia para resolver esse tipo de problemas. O que realmente fará a diferença na maneira de as empresas aéreas atuarem no mercado é a atitude do consumidor ao mostrar à companhia a sua insatisfação com o serviço de transporte hoje colocado à sua disposição e que não suportará os prejuízos causados por esta má prestação de serviço. Dessa forma, não restará outra alternativa para aquelas empresas senão melhorar o transporte aéreo e finalmente entregar ao viajante toda a qualidade prometida no momento da contratação do serviço.

Veja aqui os dados publicados sobre a movimentação nos aeroportos do Brasil.

Se você já passou por alguma situação de atraso ou cancelamento de voo, você merece ser compensado. Contate-nos!

Postado em: dezembro 18, 2017