Azul melhor empresa aérea brasileira, Gol não tão ruim assim

Recentemente foi divulgado o resultado do “Oscar da Aviação” de 2018, que é um ranking com as melhores companhias aéreas do mundo, o World Airline Awards, da instituição Skytrax.

Chama a atenção o fato de as companhias aéreas do Brasil não ocuparem posições muito altas nesses resultados, geralmente figurando na parte do meio do ranking. Isso indica que elas não chegam a ser empresas ruins, mas que, por outro lado, também não se destacam positivamente (quando comparadas com o resto do globo).

Esse ano não foi diferente. A Avianca (cuja matriz é da Colômbia…) ficou no 51o lugar do ranking global, a Azul em 53o, e a Latam em 63o. A Avianca foi eleita a melhor companhia da América Latina, e a Azul a melhor do Brasil.

Curiosamente, a companhia aérea Gol não aparece no ranking das 100 melhores.

Você teve um voo atrasado ou cancelado? Você pode se qualificar para ser indenizado rapidamente e sem burocracia. Veja já!

Em outras publicações, FlightStats e OAG, a Azul também foi agraciada com o prêmio de empresa aérea mais pontual de nosso País, e a companhia “Low-Cost”, ou seja, de baixo custo (?!), mais pontual das Américas.

Analisamos os dados oficiais da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) no período de 01/07/2017 até 01/03/2018, e pudemos confirmar que a Azul, de fato, foi a aérea com menos atrasos. O quadro abaixo traz o resultado de nossa pesquisa:

A diferença é expressiva para as outras companhias aéreas: a Azul apresenta números consistentemente melhores que as demais empresas em todos os critérios utilizados para a mensuração da pontualidade das aéreas, quais sejam: a) atraso inferior a 15 minutos, b) atraso entre 15 minutos e 1 hora e c) atraso superior a 1 hora.

Há uma exceção: a Azul se saiu exatamente igual à Gol nos atrasos superiores a 1 hora. Ou seja, as duas, no período que analisamos, tiveram somente 1,7% de seus voos atrasados mais de uma hora. A Latam teve 2,6% de voos nessa situação e a AVIANCA, 3,8% (mais que o dobro de Azul e Gol).

Em nossa opinião, é exatamente esse último critério de mensuração de atraso de voos o que mais importa para o passageiro, pois atrasos inferiores a 1 hora são, naturalmente, muito menos propensos a causar problemas – como perdas de conexão, por exemplo.

A conclusão que chegamos é que as informações divulgadas pela própria Azul sobre sua pontualidade são verdadeiras – pelo menos se analisados somente esses números.

Por outro lado, a Gol não figura no pior lugar dos atrasos em nenhum dos critérios analisados. É a segunda pior no critério menos relevante – atrasos de até 15 minutos –, que ocorre em 77,6% de seus voos, contra 80,8% da Latam, e a segunda pior também nos atrasos entre 15 minutos e 1 hora, com 13,8%, contra 14,8% da Avianca. Como visto, no principal critério analisado, a Gol está empatada em primeiro lugar com a Azul com menos atrasos.

Isso nos faz questionar a razão pela qual a Gol sequer figura no ranking das 100 melhores companhias aéreas do mundo: ora, seja por nossa experiência pessoal no papel de passageiros, seja analisando esses números, não enxergamos nenhum abismo entre os serviços prestados pela Gol e as demais companhias no Brasil. Aliás, como mostram os números, a Gol pode até mesmo ser considerada uma das melhores em pontualidade…

Aqui cabe uma consideração importante: nenhuma dessas publicações mencionou o resultado da quantidade de voos cancelados pelas empresas brasileiras, o que chamou a nossa atenção. Aproveitamos para rever esses números disponibilizados pela ANAC e o resultando não foi o esperado, veja o quadro abaixo:

A Azul, contrariamente ao que supúnhamos, desponta disparado na frente como a companhia aérea com mais voos cancelados no País: 22,1% dos voos, no período que analisamos, jamais decolaram! O número é mais de três vezes superior ao do segundo colocado, a Gol, que teve 7% de seus voos cancelados, e mais de cinco vezes e meia superior aos da empresa melhor qualificada, a Latam, com meros 3,9% dos voos cancelados no período.

Uma análise mais aprofundada do setor do transporte aéreo de passageiros no Brasil certamente encontrará explicações razoáveis, em matéria de voos cancelados, para essa diferença grande dos resultados da Azul para as demais companhias. Basta lembrar que a Azul é a empresa que atende ao maior número de aeroportos no País, na casa da centena (próximo do dobro da segunda colocada, a Gol. Esta, não por acaso, ocupa o segundo lugar também na quantidade de voos cancelados, com 7,0%) e a que, portanto, enfrenta uma infraestrutura aeroportuária mais precária. A lógica é simples: em condições climáticas não favoráveis, aeroportos com menos auxílio à navegação acabam dificultando, ou mesmo impedindo, aeronaves de operar.

Seja como for, esses dados servem de alerta para os consumidores. Embora seja verdade que a Azul é a empresa que menos atrasa os seus voos, por outro lado é importante informar que a Azul é também, de longe, a empresa com a maior quantidade de voos cancelados. Um em cada cinco de seus voos sequer sai do chão.

Outro alerta se refere à Gol que, embora não apareça no ranking das 100 melhores do mundo, quando comparada com as demais empresas no Brasil apresenta números bastante razoáveis, não sendo a melhor em quase nada, mas também não sendo a pior.

Para problemas com voo cancelado ou atrasado, não deixe de exigir os seus direitos. Para conhecê-los, recomendamos a leitura desta postagem.